Macrotransição
SP • 11 3075-3034 - RJ • 21 9.9660.4661
Av. Paulista, 1.765 - 7º andar - São Paulo - SP

A família portuguesa que faz sapatos para a Prada

19/12/2014 09:47

Quando pensamos em sapatos italianos, pensamos em produtos feitos de alta qualidade, na generalidade, produzidos localmente com as melhores técnicas artesanais ou industriais e em materiais topo de gama. Mas a verdade é que algumas das melhores marcas de moda recorrem à produção externa para obterem o melhor produto possível, onde a técnica e as matérias primas são de excelência.

A família portuguesa que faz sapatos para a Prada
FOTO ARTUR MACHADO/GLOBAL IMAGENS
 

É o que acontece com a empresa Fernando J. Henriques, que há já alguns anos produz em exclusivo para a Prada um modelo particular de mocassin para homem.

"A oportunidade de começar a trabalhar com a Prada surgiu de um contacto de um amigo que acompanha o nosso trabalho e soube que a marca andava à procura de alguém que produzisse determinado modelo seguindo técnicas artesanais de manufatura muito particulares. Fomos a Itália, fizemos 40 pares de sapatos para mostrar o nosso trabalho e ficaram impressionados", explica António Silva um dos membros da atual administração e marido de Fátima Henriques, a terceira geração da empresa e administradora, ao JN.

A marca de luxo italiana, antes de fechar o contrato, confirmou se a empresa tinha capacidade de produzir cerca de cinquenta mil pares por ano, questão que não levantou objeções e a prova disso é que este ano, até à semana passada, cerca de setenta mil pares foram fabricados e entregues "sem atrasos ou defeitos".

Um par de mocassins Prada, fabricados em Oliveira de Azeméis, feitos em pele saffiano e com sola de borracha, cozidos à mão na parte superior, com logótipo da marca italiana em aço, estão à venda nas loja da casa italiana fundada por Muccia Prada por 450 euros. São apelidados pela marca como "driving shoes" [em tradução livre, sapatos para conduzir].

Fonte: Jornal da Notícia - Catarina Vasques Rito - Portugal - 14.12.2014


Comentário enviado com sucesso!
Aguarde a aprovação!