Macrotransição
SP • 11 3075-3034 - RJ • 21 9.9660.4661
Av. Paulista, 1.765 - 7º andar - São Paulo - SP

Empresas familiares e do agronegócio são as que mais demandam gestão em MT

28/06/2012 17:40
Formar líderes e equipes, atrair e reter talentos. Estes são alguns dos grandes desafios da atualidade no mundo profissional. Em Mato Grosso, com um expressivo número de empresas familiares e o crescimento do agronegócio, são estes dois segmentos os que mais demandam gestão. A constatação é do Grupo Valure, consultoria empresarial cujo objetivo é o desenvolvimento sustentável das pessoas e das organizações.

A coordenadora do Grupo, Lorena Lacerda, avalia que a dificuldade de atrair bons profissionais tem movimentado as empresas em busca de ferramentas de gerenciamento. “Os empresários desejam crescer com consistência de forma sustentável, por isso estão engajados em adquirir conhecimentos”, explica.

Para alcançar esse objetivo e melhorar não só o produto/serviço oferecido, mas também a forma de conduzir o negócio, muitos gestores têm procurado qualificação. O programa voltado para a preparação de acionistas de empresas familiares é um dos que mais obteve demanda nos últimos meses em Cuiabá.

Segundo Lorena, o curso Parceria para Desenvolvimento de Acionistas (PDA) visa preservar e maximizar o patrimônio e facilitar a performance e continuidade dos negócios familiares. “O público alvo é formado por proprietários, herdeiros, sócios e acionistas de empresas familiares. Eles interagem em um ambiente que permite a troca de experiências e amadurecimento das famílias”, observa.

A coordenadora revela que o retorno da primeira turma superou as expectativas. “Desde que anunciamos a abertura do programa, tivemos muita demanda, especialmente por parte das empresas de agronegócio. As aulas começaram em fevereiro e o resultado tem sido muito melhor do que estimamos”, conta.

O sucesso foi tamanho que o Grupo já visa abrir mais uma turma no início de 2013. “Os empresários querem implementar mais velocidade no negócio e imprimir uma operação forte”, pondera Lorena.

Foco em melhoria de resultados e aumento da competitividade

No mês de julho, o Grupo Valure passa a oferecer mais uma novidade aos empresários mato-grossenses. O programa Parceiros para a Excelência (PAEX) visa à implementação de um modelo de gestão com foco em melhoria de resultados e aumento da competitividade. Os participantes são empresas de uma mesma região não concorrentes entre si, em processo contínuo de desenvolvimento, que queiram criar uma cultura de gestão na empresa.

“Através da construção gradativa de conhecimento e do intercâmbio de experiências, os participantes discutem seus modelos de gestão, colocando em prática ferramentas gerenciais e estratégicas. Nesse ambiente, os resultados aparecem a médio e longo prazos, através do realinhamento da estratégia de cada empresa e com avaliações gerenciais mensais para mensurar o progresso dos negócios”, destaca Lorena.

A qualificação avançada dos gestores ganhou um importante reforço com a entrada da Fundação Dom Cabral no mercado mato-grossense. A oitava maior escola de negócios do mundo, com sede em Minas Gerais, escolheu o Grupo Valure como parceiro para permitir aos empresários experiências inovadoras na área de gestão.

O momento vivenciado por Mato Grosso foi determinante para que a Fundação Dom Cabral passasse a disseminar seus conhecimentos entre os empresários locais. Segundo o gerente de projetos e professor da área de Marketing da escola, Paulo Emílio Lima Carreiro, esse já é o 19º Estado em que a escola está presente.

“A Fundação está em quase todo país e sempre buscamos inserir nossas práticas nos locais em que ainda não estamos. Desde a última vez que estive em Cuiabá, a cidade cresceu muito e o cenário atual, com agronegócio forte, industrialização e investimentos para Copa do Mundo é favorável”, explica.

O processo para escolher uma associada é longo. O “namoro” com o Grupo Valure durou quase dois anos. Foi Lorena quem quis conhecer um pouco mais do trabalho da Fundação em uma feira em São Paulo. Desde então, ela quis se aprofundar nos trabalhos que poderia oferecer ao público mato-grossense.

“A escolha da associada se deve à convergência do negócio, o jeito de ser, o entendimento do cliente, é um conjunto de fatores, como a similaridade com nossos valores, a capacidade de transformar o projeto em realidade, a ética, enfim. Desde o início percebemos que nosso modelo de trabalho é parecido”, observa Paulo.

Lorena reforça a importância da parceria. “Essa associação é um passo importante para o Grupo, faremos o impossível para fazer jus a confiança que a Fundação depositou em nós. Os produtos interessam ao mercado, por isso decidimos trazê-los para cá. O primeiro curso já está gerando resultados muito positivos”, afirma.

Estratégias de criação de valor

Paulo Emílio Lima Carreiro esteve em Cuiabá para lançar oficialmente a parceria com o Grupo Valure e proferir a palestra “Estratégias de criação de valor” a um seleto grupo de empresários. Em sua explanação, Paulo convidou os participantes a repensarem o negócio sob o ponto de vista do cliente. Através de exemplos de marcas/produtos bem sucedidos, ele criou uma atmosfera provocante aos presentes.

Proatividade, circunstância, experiência e DNA de marca são elencados por ele, como os quatro pilares fundamentais à sustentação do diferencial de uma empresa. “Toda empresa tem que estar preparada para o que vem por aí, não é adivinhação, é leitura do ambiente”, ponderou.

Com frases de efeito, Paulo falou sobre a relação da empresa com o mercado externo. “Somos guiados ou podemos guiar o mercado?”, interrogou. Para finalizar a aula empresarial, deixou perguntas para reflexão dos participantes, como por exemplo: quais clientes você quer atender e quais não quer; o que é valor para o seu cliente, o que você tem de bom para aperfeiçoar e o que pode descartar; qual a próxima mudança a ser feita no negócio.

Fonte: O Documento, Cuiabá, 21.06.2012

Nome:
E-mail:
Comentário:
Digite os caracteres abaixo:
Comentário enviado com sucesso!
Aguarde a aprovação!