Macrotransição
SP • 11 3075-3034 - RJ • 21 9.9660.4661
Av. Paulista, 1.765 - 7º andar - São Paulo - SP

O desafio de trabalhar com o pai

27/06/2011 15:52
Com este post pretendo apenas iniciar a discussão de uma questão importante que não tem solução padronizada mas que merece, por parte de pais e filhos, um tempo para reflexão.

A relação pai e filho tem os mesmos bônus e ônus em todas as famílias. No caso das famílias empresárias deve estar cercada por maiores cuidados e atitudes.

Frases que ouvi nos últimos tempos, exemplificam a questão: “Desde adolescente acompanhava meu pai no consultório. Era o jeito que encontrava de ficar perto dele, que estava quase sempre fora de casa. Eu e meus três irmãos idolatrávamos meu pai. Esse misto de admiração e ausência fez com que não pensasse em fazer outra coisa senão ser médico”.

“A responsabilidade em cima de mim é grande já que, ao contrário de meu pai, encontrei a empresa pronta e tive chance de estudar”.

“Muito exigente, meu pai além de me julgar como funcionário da empresa, analisa pontos pessoais. Por exemplo, depois de almoçarmos com outros executivos do mercado, ele comenta sobre os assuntos de trabalho discutidos, mas também reclama se eu deixo o guardanapo cair no chão.”

Muitas são as cobranças de parte-a-parte. Na prática, em muitos casos, verifico que há pouco diálogo, que a comunicação é insuficiente, também em relação a esta questão específica.

Filhos dizem-me que, sendo o pai o mais experiente, deveria conduzir a relação com mais “isso”, ou menos “aquilo”. Concordo, quando falamos sobre adolescentes. E nos casos em que com 35 anos, ou mais, ainda projetam nos pais a condução de sua vida pessoal e sua carreira ?

Como várias outras questões colocadas em torno da Empresa Familiar esta relação, que transita entre razão e emoção, deve estar na pauta das conversas da família empresária.

E vale lembrar também que seguir estas e outras recomendações de especialistas é válido para o período em que o fundador ainda está entre os familiares. Na sua ausência são adicionados ao cenário, aspectos mais complexos e a visão de que: “… deveríamos ter tratado este assunto quando papai ainda estava por aqui.”

Como sua experiência pessoal neste assunto específico, pode contribuir para casos semelhantes que estejam ocorrendo em outras famílias empresárias?

Nome:
E-mail:
Comentário:
Digite os caracteres abaixo:
Comentário enviado com sucesso!
Aguarde a aprovação!